segunda-feira, 9 de novembro de 2009

ORAÇÃO



A ORAÇÃO

“A Oração é feita de atenção.
É a orientação para o Deus de toda a atenção que a alma é capaz.
A qualidade da atenção corresponde à qualidade da oração.
Não pode ser trocada pelo calor do coração.

A atenção consiste em suspender o pensamento, em deixá-lo disponível, vazio e sujeito à penetrabilidade do objeto, em manter em si mesmo a proximidade do pensamento, mas num nível inferior e sem contato com ele e com seus inúmeros conhecimentos adquiridos. Nosso pensamento deve ser, com relação a todas as particularidades elaboradas, como uma pessoa numa montanha que, olhando a sua frente, vê sem ver as muitas florestas e planícies abaixo de si. Especialmente, o pensamento deve permanecer vazio, esperando atento, sem procurar por alguma coisa, mas pronto para receber em nua verdade o objeto que a irá possuir.

O mais precioso dos bens não deve ser procurado, mas esperado com atenção. Pois ninguém pode encontrá-lo por si próprio. E se alguém se põe a procurá-lo, irá encontrar em seu lugar falsos bens cuja falsidade não terá como discernir”.


Simone Weil
“Waiting on God”

Nenhum comentário:

Postar um comentário